O que você precisa saber se está vindo para a Finlândia pela primeira vez (parte 1)| Mitä sinun tarvitsee tietää jos tulet Suomeen ensimmäistä kertaa (osa 1)

DSC_0483.jpg

PT

Se você está planejando visitar a Finlândia, e é a sua primeira vez, aqui vai uma listinha do que você precisa saber antes de viajar pra cá. Vou dividir essas informações em duas partes. Começando pela parte burocrática, o que é importante saber antes de pisar em terras finlandesas (e em boa parte da Europa também).

  • Antes de tudo você precisa saber que a Finlândia faz parte do Tratado de Schengen. Países deste acordo tem fronteiras abertas. Ou seja, se você vem do Brasil, por exemplo, você pode visitar vários países durante 90 dias (podendo prorrogar por mais 90) somente com o passaporte válido, que deve ter pelo menos três meses de validade a partir da data prevista do seu retorno, ou seis meses desde a sua partida. Sem mais formalidades. E, durante este período, além da Finlândia, você pode visitar outros 25 países. Para os brasileiros, além de países que não fazem parte do grupo, existem os países que historicamente, pelo seu bom relacionamento, não pedem visto prévio a brasileiros, como Reino Unido, Irlanda, Rússia e Turquia. Mas a desvantagem é pro turista colecionador de carimbos no passaporte, já que você só tem seu passaporte carimbado na entrada e na saída destes países, mas não enquanto viaja por entre estes países. ** Eu já tinha este post pronto, quando saiu uma notícia nova: foi aprovado, mas ainda não oficializado, para a partir de 2021 um sistema de autorização para entrar na Europa (nos países parte do Tratado de Schengen), que vai custar 7 Euros e terá validade de 3 anos, sendo que para viajantes menores de 18 anos ou maiores de 70 anos a autorização será gratuita. **
  • A Finlândia também faz parte da União Européia, que é um acordo diferente do anterior. E alguns países da União Européia não pertencem ao grupo anterior. Enfim, o importante é saber que, por isso, a moeda é o Euro.
  • Você precisa ter um seguro de viagem internacional com cobertura mínima de 30 mil Euros.
  • Você precisa comprovar sua hospedagem, você pode imprimir a sua reserva em hotel/hostel, por exemplo, ou ter uma carta-convite do amigo/parente que te ofereceu hospedagem. Por quê? Bom, como turista, você está isento de visto, mas é preciso comprovar que sua viagem é por motivo de turismo, não que você esteja planejando viver ilegalmente por aqui.
  • Você também precisa comprovar suas condições financeiras, ou seja, mostrar que é turista e tem condições de permanecer por ali durante a sua estadia. Novamente a ideia é mostrar que você não está entrando para viver ilegalmente. Como comprovar? Você pode apresentar saldo de cartões pré pagos (travel money), extrato de cartão de crédito ou dinheiro em espécie.
  • É bem importante também ter a passagem de retorno. Você precisa comprovar que vai retornar para o seu país de origem, ou vai para algum outro país fora da área do Tratado de Schengen, antes dos 90 dias expirarem.

Bom, para o brasileiro (eu digo brasileiro porque me baseio na minha experiência pessoal), passar pela fronteira finlandesa é normalmente bem tranquilo, eles não costumam fazer muitas perguntas e exigir nada mais que o passaporte. Obviamente, porém, passaporte válido, seguro de viagem internacional, comprovante de hospedagem, comprovante de condição financeira e a passagem de retorno fazem parte da lista de exigências para entrar no país. Ou seja, mesmo que eles não te peçam estes documentos, o correto e mais seguro é tê-los no momento de passar pela imigração.

No próximo post àqueles que planejam visitar a Finlândia vamos falar sobre oq ue você precisa saber da cultura e dos hábitos finlandeses, que muitas vezes são bem diferentes dos nossos e podem te surpreender. Se você chegar em terras finlandesas antes do post sair, então, seja bem-vindo à Finlândia!


EN

If you are planning to visit Finland, and it is your first time, here is a short list of what you need to know before you travel here. I will divide this information into two parts. Starting with the bureaucratic part, which is important to know before stepping on Finnish lands (and in much of European countries as well).

  • So first of all you need to know that Finland is part of the Schengen Agreement. Countries of this agreement have open borders. That is, if you come from Brazil, for example, you can visit several countries for 90 days (and can extend for another 90) only with the valid passport, which must be at least three months valid from the expected date of your return, or six months from his departure. No more formalities. And during this time, in addition to Finland, you can visit another 25 countries. For Brazilians, besides countries that are not part of the group, there are countries that historically, due to their good relationship, do not ask for previous visas to Brazilians, such as the United Kingdom, Ireland, Russia and Turkey. But the disadvantage is pro tourist stamp collector in the passport, since you only have your passport stamped on entry and exit from these countries, but not while traveling through these countries. **I already had this post ready, when a new news came out: it was approved, but not yet officialized, as of 2021 a system of authorization to enter Europe (in these countries party to the Schengen Agreement), which will cost 7 Euros and will be valid for 3 years, and for travelers under the age of 18 or over the age of 70 the authorization will be free.**
  • Finland is also part of the European Union, which is a different agreement from the previous one. And some European Union countries do not belong to the previous group. Anyway, the important thing is to know that, therefore, the currency is the Euro.
  • You need to have international travel insurance with a minimum coverage of 30 thousand Euros.
  • You need to prove your accommodation, you can print your reservation in hotel/hostel, for example, or have an invitation letter from the friend/relative that offered you accommodation. Why? Well, as a tourist, you are exempt from visas, but you must prove that your trip is for tourism, not that you are planning to live here illegally.
  • You also need to prove your financial conditions, which means show that you are a tourist and will have enough money during your stay. Again the idea is to show that you are not going in to live illegally here. How to prove? You can present prepaid cards (travel money), credit card check or cash.
  • It is also very important to have the return flight ticket. You need to prove that you will return to your original country, or go to some other country outside the Schengen area before the 90 days expire.

Well, for the Brazilian (I say Brazilian because I am based on my personal experience), passing the Finnish border is usually very quiet, they do not usually ask too many questions and demand nothing more than your passport. Obviously, however, valid passport, international travel insurance, proof of lodging, proof of financial condition and return flight ticket are part of the list of requirements to enter the country. That is, even if they do not ask you for these documents, it is correct and safe to have those when you go through immigration.

In the next post to those planning to visit Finland we will talk about what you need to know about Finnish culture and habits, it may surprise you. But if you arrive in Finnish lands before the post leaves, then welcome to Finland!