Reciclagem | Recycling

English bellow

PT

Sustentabilidade é definitivamente um tema bastante comentado nos últimos anos, por aqui não é diferente. Talvez de forma mais prática, aqui existe um grande incentivo à coleta seletiva e um programa de “reembolso” pela reciclagem de latinhas e garrafas. Exatamente, você recebe um dinheirinho por colaborar com o meio-ambiente! Como funciona?

Basicamente você guarda num local separado o que é reciclável, do que é biodegradável e do que é lixo comum. Depois coloca esse material no seu lugar devido. Aqui no prédio, temos um local onde os moradores colocam o lixo e já tem essa separação.

IMG_3301

E nos supermercados existe uma área onde se coloca as latinhas de alumínio e as garrafas de plástico para reciclagem, cada uma tem no rótulo qual a quantia que é devolvida, você deposita na máquina e vai somando o valor, no final você tem um ticket para usar no supermercado ou pegar o valor em espécie no caixa.

IMG_3289

IMG_3298

Outra coisa legal é a separação do biodegradável, tem até uma sacolinha específica que é também biodegradável.

IMG_3130.JPG

Essa cultura já existe a alguns anos por aqui, segundo o site www.finlandia.org.br “a Finlândia já tem larga experiência na recolha e reciclagem de papéis velhos e cartão, e foi o número um mundial nessa atividade no ano de 2001, ano em que recolheu 74 % de todo o papel e cartão usado no país. Um eficiente sistema de recolha e reciclagem de garrafas de refrigerantes e de bebidas alcoólicas foi implantado na Finlândia já há várias décadas. Baseado no reembolso da tara ao consumidor, que devolve o vasilhame aos locais de compra, este sistema tem funcionado de forma excelente desde a sua implantação e já atingiu uma taxa de recuperação de 97-98%.”

Bom, fica a ideia pra implementar algo assim também em outros países.


EN

Sustainability is definitely a subject that has been talked a lot lately, it is no different here. Here there is a great incentive for selective collection and a “reimbursement” program for the recycling of cans and bottles. Exactly, you get a little money for collaborating with the environment! How it works?

Basically, you keep in a separate place what is recyclable, what is biodegradable and what is common garbage. Then put that material in its proper place. Here in the building, we have a place where the residents put their garbage and there is already this separation.

And in supermarkets there is an area where the aluminum cans and plastic bottles for recycling are placed, each one has on the label the amount of money that is returned to you, you deposit it in the machine and in the end you will have a ticket with some money to use in the supermarket or get in cash from the cashier.

Another cool thing is the separation of biodegradable products, there is even a specific bag for that.

This culture has been around for a few years here, according to the website http://www.finlandia.org.br  “Finland already has extensive experience in collecting and recycling old paper and cardboard, and was number one worldwide in this activity in 2001, when 74% of all used paper and cardboard were collected in the country. An efficient system for the collection and recycling of soft drinks and alcoholic beverage bottles was implemented in Finland for several decades. From the bottle to the point of purchase, this system has worked excellently since its implementation and has already achieved a recovery rate of 97-98%.”

Well, I just wish this idea could be working in other countries as well.

Ei, estou pedalando! | Hey, I’m pedaling!

English bellow

PT

Se tem uma coisa que eu admiro por aqui é a quantidade de ciclistas. Claro que, como a cidade é meio esparramada e os lugares às vezes ficam um pouco mais distante, além dos motivos climáticos, muitos usam carro como meio de transporte. Mas, ainda assim, há um percentual significativo de pessoas que usam a bicicleta como meio de transporte. Bem, hoje eu resolvi pedalar. E o título do post de hoje “Hei minä pyöräilen!” significa basicamente “Ei eu estou pedalando!”

IMG_3146

Na verdade, sempre admirei, mas nunca fui ciclista. E, pelo que percebi hoje, preciso estar mais em forma se eu quiser continuar pedalando, ao que parece tornar uma finlandesa envolve também melhorar o condicionamento físico para não fazer feio. Numa temperatura de 4º Celsius e um ventinho congelante no rosto, acho que até fiz bem… pedalei mais ou menos uns quarenta minutos… é um bom começo. Resolvi pedalar porque senti que, apesar de ter mil ideias na cabeça para o post de hoje, faltava um pouco de material fotográfico. Então eu coloquei a câmera na minha cestinha, (claro que eu tenho cestinha na bicicleta e um adendo à informação é que a bicicleta foi um presente do sogro, ele montou a bicicleta e me deu de presente para que eu pudesse ter como me locomover enquanto o marido está trabalhando…) e fui passear nas redondezas. Não fui mais longe porque os pulmões e os músculos não deixaram. Ah.. e começou a chover, aí fica mais difícil mesmo.

IMG_3132

Um ponto favorável para quem quer pedalar na Finlândia é o respeito que os motoristas têm e a sinalização. Existem ciclovias por boa parte das rotas e placas sinalizando onde o ciclista pode atravessar e na faixa de pedestres e ciclistas é obrigatório que os motoristas parem e esperem que o pedestre ou ciclista cruze a via, é uma excelente forma de diminuir acidentes no trânsito e manter o respeito mútuo.

IMG_3183

Bom, o inverno parece que finalmente está indo embora… apesar da previsão de neve pro final de semana. Mas a primavera começa a dar sinais de que está chegando por aqui, o verde cada vez mais aparente, as lojas vendendo cada vez mais flores, passarinhos cantando, a noite vindo cada vez mais tarde e a água do lago está finalmente aparecendo e tomando o lugar do gelo.

Que venha a primavera!


EN

If there is one thing I admire about here is the amount of cyclists. Of course, as the city is half-sprawled and places sometimes get a little further apart, in addition to weather reasons, many use cars as a means of transportation. But still, there is lots of people who using bicycle as a means of transportation. Well, today I decided to pedal. And, in Finnish, the title of today’s post is “Hei minä pyöräilen!” basically means “Hey I’m pedaling!”

Actually, I’ve always liked it, but I’ve never been a cyclist. And from what I realized today, I need to be in a better shape if I want to continue pedaling like a Finn. At a temperature of 4 degrees Celsius and a freezing wind on my face, I think I did it well… I pedaled for about forty minutes… it’s a good start. I decided to ride because I felt that although I had a thousand ideas in my head for today’s post, I lacked some photographic material. So I put the camera in my bicycle’s front basket, (of course I would have a cute basket on my bike and by the way this bike was a gift from his father-in-law, it he gave to me as a gift his old bike so I could have a ride while my husband is working…) and I went to see around. I didn’t go any further because had no strength. Ah… and it started to rain, getting even harder then.

A good point for those who want to pedal in Finland is the respect that drivers have and the signs. There are bike lines for most of the routes and signs signaling where the cyclist can cross and in the crosswalk and cyclists it is mandatory for drivers to stop and expect the pedestrian or cyclist to cross the road, it is a great way to reduce traffic accidents and maintain mutual respect.

Well, winter looks like it’s finally going away… despite the snow forecast for the weekend. But springtime is beginning to show signs of getting here, it’s more and more green, the shops are selling more and more flowers, birds singing, the dark night coming later and the lake water is finally showing up and taking the ice place.

May spring come!

Tervetuloa! | Bem-vindos! | Welcome!

English bellow

PT

Colocando em prática hoje o projeto dos últimos meses. Hoje dou o “start” no blog! O “Em Terras Finlandesas” é um blog para quem quer saber algo sobre a Finlândia, sobre como é morar aqui e acompanhar algumas dicas sobre lugares legais (ou não tão legais assim) para visitar por aqui.

Antes de tudo, acho que devo me apresentar. Meu nome é Larissa, sou brasileira e há exatos 5 dias vivo na Finlândia, no caso por motivo de amor, porque me casei com um finlandês. Sobre mudar para a Finlândia… bom, ainda é muito recente, mas posso dizer que as pessoas por aqui, desde o aeroporto até os atendentes de Mc Donalds são, em sua maioria, bem simpáticos e te dão um suporte básico pra alguma necessidade. Estou morando em Jyväskylä, fica a 272km de distância de Helsinki (capital da Finlândia), a cidade tem em torno de 138.000 habitantes e, como boa parte do país, é recheada de lagos por toda a cidade.

Agora é comecinho de primavera, ainda faz um friozinho… variando aí entre 0 e 9 graus Celsius… a neve já quase derreteu toda, mas ainda é possível encontrar um pouco em alguns lugares, como vocês podem ver.

ETF0001

Já é possível ver algumas flores e algumas árvores ficando verdinhas novamente, preparando para a primavera e verão.

ETF0003

Mas os lagos continuam congelados, alguns ainda tem neve na superfície. Segundo o pessoal daqui, só mais duas semanas e o lago já vai estar descongelado e a paisagem vai mudar completamente.

EFT0004

Agora resta aguardar e ver como tudo vai mudar… e esta é minha parte preferida no Norte da Europa: primavera, verão, outono e inverno bem marcados, paisagens completamente diferentes e cada uma com sua beleza.


EN

Starting for real today this personal project I’ve been working on last months. Today is the opening for this blog! The “Em Terras Finlandesas” (In Finnish Lands, in Portuguese) is a blog for anyone who wants to know something about Finland, how people live here and follow some tips on cool places (or not so cool) to visit here.

First of all, I think I should introduce myself. My name is Larissa, I’m Brazilian and I’ve lived in Finland for five days. I moved to Finland because of love, because I married a Finn. About moving to Finland… well, it’s still very recent, but I can tell you that the people around here, from the airport to the Mc Donalds attendants are mostly friendly and give you basic support. I am living in Jyväskylä, 272km away from Helsinki (capital of Finland), the city has about 138,000 inhabitants and, like most of the country, is filled with lakes all over the city.

Now it’s early spring, it’s still a little cold… with temperatures between 0 and 9 degrees Celsius… the snow has almost melted, but you can still find some in some places, as you can see.

It is already possible to see some flowers and some trees getting green leaves again, blooming, preparing for the spring and summer time.

But the lakes remain frozen, some still have even snow on the surface. According to people from here, just two more weeks and the lake will already be defrosted and the landscape will change completely.

Now it’s time to wait and see how everything will change… by the way this is my favorite part of Northern Europe: all seasons spring, summer, autumn and winter have completely different landscapes and each with its beauty.