Haloo Helsinki! – Rakas

♦ PT

Olá pessoal! Começando uma etapa nova hoje. Considerando que também tenho leitores de outros países, vou começar a ter os posts (um pouco mais resumidos) também em inglês. Já peço desculpas se meu inglês não for perfeitinho, mas faz um tempo que estudei.

Então, hoje resolvi compartilhar uma musiquinha que está tocando nas rádios, que eu gosto. É melancólica… chama “Rakas” da banda finlandesa do momento Haloo Helsinki! Espero que gostem…

HALOO HELSINKI! – RAKAS

Se oli sun lämpö, jolla mut koukkuun sait
Foi o seu calor, com o qual você me pegou
Siihen suureen tunteeseen ei koskaan päde lait
Não existem regras que se aplicariam àquele sentimento maravilhoso
Sitten saapui se loputon kaunopuheisuus
Então a infinita eloquência chegou
Jos olin poissa sekunnin, se oli sulle ikuisuus
Um segundo em que eu estava fora, era como uma eternidade para você
Me oltiin niin lähellä sitä täydellistä rakkautta,
Estávamos tão perto do amor perfeito
Se oli sun lämpö, jolla mut koukkuun sait
Foi o seu calor, com o qual você me pegou
Siihen suureen tunteeseen ei koskaan päde lait
Não existem regras que se aplicariam àquele sentimento maravilhoso
Sitten saapui se loputon kaunopuheisuus
Então a infinita eloquência chegou
Jos olin poissa sekunnin, se oli sulle ikuisuus
Um segundo em que eu estava fora, era como uma eternidade para você
Me oltiin niin lähellä sitä täydellistä rakkautta,
Nós estávamos tão perto daquele amor perfeito
Jossa roikkui vain se mutta, joka nieltiin
Que só tinha aquele “mas” que engolimos
Rakas ollaan vaan hiljaa,
Amor, vamos apenas ficar quietos
Katsellaan huojuvaa viljaa
Vamos assistir a colheita balançando
Se kauniisti katseestas taipuu ja niin taivun myös minäkin
Rendem-se lindamente por causa de seu olhar e assim eu cedo também
Rakas ollaan vain hiljaa,
Amor, vamos apenas ficar quietos
Ei korjata vuotavaa maljaa
Não vamos consertar o cálice vazando
Rakastellaan yhtä aikaa, niin kuin nuo perhosetkin,
Vamos fazer amor ao mesmo tempo que aquelas borboletas
Jotka hiljalleen pois katoaa
Que estão desaparecendo devagar
Täydellinen rakkaus me oltiin kai
Eu acho que nós éramos o amor perfeito
Toinen vallankahvana, toinen saranapuolen sai
Um no poder, o outro como uma dobradiça
Sä rajoitit kaiken sen mitä mulla oli elämässä
Você limitou tudo que eu tinha na vida
Ei sormus rakkautta tuo kädessä, joka raivoaa
Nenhuma aliança traz amor à mão, alguma raiva
Rakas ollaan vaan hiljaa,
Amor, vamos apenas ficar quietos
Katsellaan huojuvaa viljaa
Vamos assistir a colheita balançando
Se kauniisti katseestas taipuu ja niin taivun myös minäkin
Rendem-se lindamente por causa de seu olhar e assim eu cedo também
Rakas ollaan vain hiljaa,
Amor, vamos apenas ficar quietos
Ei korjata vuotavaa maljaa
Não vamos consertar o cálice vazando
Rakastellaan yhtä aikaa, niin kuin nuo perhosetkin,
Vamos fazer amor ao mesmo tempo que aquelas borboletas
Kaikki katseestaas kuoli, ja niin kuolin myös minäkin
Tudo morreu por causa das suas observações e eu morri também
Rakas ollaan vaan hiljaa,
Amor, vamos apenas ficar quietos
Kaadutaan keskelle taljaa
Vamos cair sobre as peles de carneiro
Hyvästellään tätä aikaa, niin kuin nuo perhosetkin.
Vamos dizer adeus a esta maré como aquelas borboletas
Rakas nyt ollaan hiljaa
Amor, agora vamos ficar quietos


♦ EN

Hello folks! Starting a new thing today. I also have some readers from other countries beside Brazil, so the blog will start to have posts (a bit smaller) also in English. I apologize already cause my English is not so good, it has been a while since I was studying it.

So, today I’m sharing a song that is trending in the radios and I like it. It’s melancholic… it calls “Rakas” from Haloo Helsinki! Enjoy it…

HALOO HELSINKI! – RAKAS

Se oli sun lämpö, jolla mut koukkuun sait
It was your warmth, with which you got me hooked
Siihen suureen tunteeseen ei koskaan päde lait
No laws will ever apply to that great feeling
Sitten saapui se loputon kaunopuheisuus
Then the endless eloquentness arrived
Jos olin poissa sekunnin, se oli sulle ikuisuus
If I was gone for a second it was an eternity to you
Me oltiin niin lähellä sitä täydellistä rakkautta,
We were so close to that perfect love
Jossa roikkui vain se mutta, joka nieltiin
Which only had that one ‘but’ that we swallowed
Rakas ollaan vaan hiljaa,
Darling, let’s just be quiet
Katsellaan huojuvaa viljaa
Let’s watch the swaying crops
Se kauniisti katseestas taipuu ja niin taivun myös minäkin
They yield beautifully because of your gaze and so I yield as well
Rakas ollaan vain hiljaa,
Darling, let’s just be quiet
Ei korjata vuotavaa maljaa
Let’s not fix the leaking chalice
Rakastellaan yhtä aikaa, niin kuin nuo perhosetkin,
Let’s make love at the same time as those butterflies
Jotka hiljalleen pois katoaa
That are disappearing slowly
Täydellinen rakkaus me oltiin kai
We were the perfect love I guess
Toinen vallankahvana, toinen saranapuolen sai
One in power, the other as a hinge
Sä rajoitit kaiken sen mitä mulla oli elämässä
You limited everything I had in life
Ei sormus rakkautta tuo kädessä, joka raivoaa
No ring brings love in the hand that rampages
Rakas ollaan vaan hiljaa,
Darling, let’s just be quiet
Katsellaan huojuvaa viljaa
Let’s watch the swaying crops
Se kauniisti katseestas taipuu ja niin taivun myös minäkin
They yield beautifully because of your gaze and so I yield as well
Rakas ollaan vain hiljaa,
Darling, let’s just be quiet
Ei korjata vuotavaa maljaa
Let’s not fix the leaking chalice
Rakastellaan yhtä aikaa niinkuin nuo perhosetkin
Let’s make love at the same time as those butterflies
Kaikki katseestaas kuoli, ja niin kuolin myös minäkin
Everything died because of your gaze and so I died as well
Rakas ollaan vaan hiljaa,
Darling, let’s just be quiet
Kaadutaan keskelle taljaa
Let’s fall onto a pelt
Hyvästellään tätä aikaa, niin kuin nuo perhosetkin.
Let’s say goodbye to this tide just like those butterflies
Rakas nyt ollaan hiljaa
Darling, we’re quiet now

Receita finlandesa: Almôndegas | Suomalainen resetti: Lihapullia

Hoje vamos aprender uma receita bem comum entre os países nórdicos, eu conheci como almôndegas suecas… almôndegas do Ikea… rs. É fácil, barato e, de fato, uma receita bem comum pro almoço dos nórdicos. A receita é simples, mas tem algumas diferencinhas nos ingredientes se compararmos com a receita brasileira para almôndegas. Por exemplo, não é molho vermelho que acompanha, mas o tal “molho marrom”, que em finlandês chamamos de ruskea kastike. Aqui vocês vão ver as duas receitas juntas. Vamos começar?

Lihapullia

  • 1 cebola pequena cortada em cubinhos
  • 1 dente de alho cortado em cubinhos
  • 2 colheres de manteiga
  • 1 ovo
  • 1/4 de xícara de farinha de rosca
  • 400g de carne moída (metade suína e metade bovina)
  • noz moscada
  • sal
  • pimenta do reino

Ruskea Kastike

  • 1 colher de manteiga
  • 1 colher de farinha de trigo
  • 1 xícara de caldo de carne
  • 1/3 de xícara de creme de leite fresco

Pra começar, coloque a manteiga numa panela e frite a cebola e o alho, até estarem dourados. Retire da panela e junte aos demais ingredientes numa vasilha. Misture todos os ingredientes até que estejam homogêneos. Dica: se usar uma panela de tamanho razoável (uma frigideira mais funda ou uma caçarola), você pode usar ela agora e mais tarde, dá pra fazer tudo numa panela só, sem precisar ficar sujando muita louça.

2017-04-20 001 196.JPG

Cubra com um plástico filme e leve para a geladeira por, pelo menos, 30 minutos.

Você pode umedecer um pouco as mãos e fazer as bolinhas (almôndegas), eu prefiro um tamanho não muito grande, porque eu gosto que a carne esteja bem cozida. Coloque uma colher de manteiga na panela, frite as almôndegas e depois coloque num prato com papel para secar a gordura da fritura.

2017-04-20 001 201

Se tiver alguma “sujeirinha” na panela, às vezes sai um pedacinho de cebola ou alho da almôndega, é bom tirar para não ficar com gosto de queimado no molho. Para o molho, uma colher de manteiga, espere derreter. Abaixe o fogo. Adicione a farinha de trigo, mexa até ficar um roux (parece um creminho). Adicione o caldo de carne aos poucos, sempre mexendo para não criar bolinhas. Aumente o fogo e adicione o creme de leite fresco. Deixe cozinhar aproximadamente 3 minutos. Eu gosto de adicionar um pouquinho de cebolinha e salsinha secas no molho. Abaixe o fogo, adicione as almôndegas e deixe cozinhar por mais uns 2 a 5 minutos.

2017-04-20 001 202

Como acompanhamento, tradicionalmente, temos batatas e geleia de lingonberry. Para o meu prato, preparei as batatas no forno (fiz alguns furinhos com o garfo e coloquei no forno em temperatura 100 graus por 1 hora, depois só abrir e colocar um pouquinho de manteiga) e coloquei no prato a geléia de lingonberry, você também pode usar geleia de morango (se não for muito doce).

A receita rende mais ou menos 30-32 almôndegas, geralmente servimos 8 por pessoa, então é uma receita para quatro pessoas. Você também pode, antes de fritar, fazer as bolinhas e congelar. No mais… enjoy it e surpreenda os amigos com um prato diferente.

Meu primeiro ano na Finlândia | Minun ensi vuosi Suomessa

058

Esta semana completei meu primeiro ano morando na Finlândia e um ano de blog “Em Terras Finlandesas”. Nada como fazer um balanço, certo? E como este ano a Finlândia completa 100 anos de independência, e todo mundo já está comemorando deste janeiro o centenário, resolvi fazer as 100 curiosidades que encontrei morando aqui neste último ano.

  1. Comecei a escrever uma parte deste post na biblioteca, após a aula de finlandês, a primeira curiosidade é que o teclado é bem diferente… fica bem difícil escrever em português.
  2. Aliás, falando em finlandês, as primeiras vezes que você escuta alguém falando, parece um idioma meio indígena, sei lá. Eu tenho um amigo que diz que soa como “katutakatatakututa” e, sinceramente, é quase isso mesmo.
  3. Finlandês é uma língua bem difícil, já falei isso anteriormente, mas não é impossível de aprender… especialmente se você aprendeu um bom português, sabe que português talvez seja uma das línguas mais difíceis do mundo. Digamos que finlandês e português estão ali no mesmo nível.
  4. Sueco é o segundo idioma oficial do país.
  5. Todos os finlandeses tiveram pelo menos 3 anos de sueco na escola.
  6. Mas quando vão à Suécia, eles preferem falar inglês do que sueco.
  7. O inglês dos finlandeses tem sido cada vez melhor, os motivos são: as escolas têm um ensino progressivo do idioma e começam cada vez mais cedo, os programas e filmes (em sua quase totalidade) são legendados ao invés de dublados.
  8. Os palavrões na Brasil são relacionados a partes ou atos sexuais, na Finlândia são expressões que amaldiçoam o Diabo.
  9. A estrutura das cidades é excelente, mesmo uma cidade pequena (se comparada ao Brasil) tem uma cara de cidade grande e as pequenininhas parecem uma vila meio modernizada.
  10. E a estrutura pra o estrangeiro também é incrível, todo um programa de integração, com todo o suporte necessário. Inclusive existem associações multiculturais por aqui que te ajudam com o idioma, cultura, lar e até encontrar amigos por aqui.
  11. Tem também todo um suporte e incentivo para ter filhos por aqui, isso vai ser assunto pra post um dia, mas por ora posso dizer que os benefícios para as mamães são muitos.
  12. É um país bastante igualitário em relação aos sexos, por exemplo, foi o primeiro país a dar o direito de voto e de candidatura à mulher.
  13. Nas eleições, o voto não é obrigatório.
  14. Os finlandeses são bem ligados à natureza, eles cuidam, usam os benefícios com equilíbrio e, de fato, apreciam as paisagens daqui.
  15. Todo mundo fala “quando eu te visitar quero ver aurora boreal”, e não é bem assim… Aurora Boreal não é tão fácil de ver, envolve um bom tempo do lado de fora, no frio, um céu limpo e atividades geomagnéticas.
  16. Em um ano, consegui ver uma vez a tal aurora boreal, não foi das muito fortes, mas foi a coisa mais incrível que já senti, é lindo demais!
  17. É frio a maior parte do ano e quando você acha que é primavera e o clima vai melhorar, vem um dia inteirinho nevando e mais frio. A piadinha por aqui é que a gente na verdade vive no inverno o ano todo: inverno e inverno supercongelante.
  18. O frio não é tão complicado, já que tem todo um suporte por aqui (roupas, aquecimento nas lojas, restaurantes, casas e carros).
  19. Tem que trocar os pneus de verão e de inverno no tempo certinho senão toma multa.
  20. Pro inverno é sempre bom sair uns 5 minutos antes de casa, pra dar o tempo de tirar a neve dos vidros do carro.
  21. As atividades no inverno incluem: pesca no gelo, patinar no gelo, esquiar e reclamar do frio.
  22. Quando o solzinho aparece e o clima esquenta um pouco é motivo suficiente pra os finlandeses colocarem o grill pra fora, preparem umas salsichas e limpar os jardins.
  23. Finlandeses aproveitam 100% os dias de verão, ninguém fica em casa. Sempre tem uma feira, uma atividade, pessoas na praça fazendo pic-nic… Já que são poucos os dias de verão, eles querem viver intensamente estes dias.
  24. Ah! E finlandeses amam quando tem uma nova loja na cidade, na abertura, além de preço bem em conta, sempre têm salsichas grelhadas de graça.
  25. E eu não sei o porquê, mas os supermercados estão sempre cheios.
  26. Finlandeses também tomam uma quantidade absurda de café, sem açúcar, e às vezes com leite.
  27. E por aqui se toma também muito chá, com mel.
  28. Dentro de casa não se usam sapatos. Já ali na entrada você deixa o seu casaco e sapatos.
  29. Muitos cães e gatos são criados dentro de casa, até por causa do frio. Mas em alguns casos, e dependendo da raça, você encontra casas com um canil no quintal.
  30. Não têm cães ou gatos abandonados nas ruas e, ao mesmo tempo, são poucos os disponíveis para adoção.
  31. As casas, ou prédios, não têm muros.
  32. Quando você perde alguma coisa, é só voltar no mesmo lugar. Os finlandeses não costumam pegar obejtos sem dono, eles têm por cultura deixar exatamente no mesmo lugar, talvez colocando num lugar mais alto ou mais visível. Por exemplo, digamos que você está caminhando e a sua luva caiu, as pessoas vão passar e deixar ali no mesmo lugar ou, no máximo, colocar num lugar que você possa voltar e ver. Já aconteceu comigo… rs.
  33. A criminalidade não é zero, mas é bem baixa. Do tipo acontece um caso de roubo e vira notícia do mês inteiro.
  34. Por isso, a polícia trabalha mais em “resgatar” bêbados e multar por excesso de velocidade.
  35. E também por isso, você anda tranquilamente com seu celular ou tablet na mão pelas ruas sem ter medo de ser roubado.
  36. Aprenda a cuidar de você mesma, especialmente manicure e esteticista são serviços caríssimos por aqui.
  37. Aliás a maior parte dos “serviços” são caros por aqui: mecânico, construção, reforma, estética, lavanderia, limpeza, etc. Ao que parece, a cultura é bem DIY (do it yourself), ou faça você mesmo, para quase tudo.
  38. É muito comum comprar roupas, móveis e outras coisas de segunda mão por aqui, o mercado de pulgas é bem agitado.
  39. A água é limpa e não precisa ser filtrada para beber.
  40. Em alguns casos, e em algumas casas, as pessoas pegam a água direto do lago pra casa, sem pegar a água que vem da estação de tratamento da cidade.
  41. Aqui tem uma coisa que não entendo, você paga duas contas de energia, a que você usou e a transferência da energia da cidade para a sua casa (e essa, no nosso caso em casa, é mais cara do que o nosso uso de energia elétrica).
  42. Reciclagem funciona muito bem por aqui.
  43. É país com mais bandas de metal no mundo, mas não é o que toca nas rádios por aqui.
  44. Já comentei antes, mas vale comentar novamente, os produtos finlandeses (made in Finland) são, geralmente, mais caros que os importados.
  45. As frutas são quase todas importadas de outros países.
  46. Comprar uma casa ou apartamento por aqui é extremamente caro. Pra construir ou reformar então… haja grana!
  47. Diferente dos brasileiros que já chegam na sua casa sem avisar e ainda levam o amigo, por aqui tem toda uma formalidade. Mesmo que seja somente para um café, um lanche ou um jantar, literalmente você agenda uma data e horário com a pessoa/família e, via de regra, não há atrasos ou faltas.
  48. Também é educado levar flores para o dono da casa. Se for um homem, às vezes traz um vinho.
  49. Os ônibus também geralmente não atrasam.
  50. Ah! Em algumas cidades, os ônibus baixam a suspensão para você entrar. E todo mundo agradece o motorista na hora de descer do ônibus.
  51. Finlandeses não costumam pedir licença, geralmente eles tentam te fazer entender que eles vão passar por ali com linguagem corporal ou só passando mesmo.
  52. Os prédios, agora estão mudando um pouco, são na verdade blocos sem muito design externo, mas as pessoas costumam decorar bem o lado interno da casa ou apartamento.
  53. Sauna é uma tradição na Finlândia, se você vem fazer uma visita por aqui, prepare-se para o convite à sauna. Ah! E é sem roupa. Mas eles entendem se você quiser usar uma roupa de banho para a sua primeira vez.
  54. No verão, ou no inverno, as famílias costumam ir para uma casa no campo para relaxar, fazer sauna, aproveitar uma lareira ou algo similar.
  55. Colher frutinhas na floresta ou procurar por cogumelos é a atividade da família finlandesa na primavera/verão.
  56. Pão de centeio é o pãozinho do café da manhã, do almoço, do lanchinho, do jantar e da ceia. Sim, o pão de toda hora.
  57. Eu ainda não sei o porquê, mas o leite na Finlândia é bem gostoso, assim como os produtos derivados.
  58. O chocolate finlandês com certeza está entre os melhores do mundo.
  59. Com um chocolate tão bom, eu não entendo porque eles gostam de liquorice. E tem liquorice em tudo: docinho, cream cheese, água com sabor, chiclete, batata chips, sorvete, etc.
  60. Carne bovina não é barata por aqui e a maior parte das vezes é importada.
  61. Por aqui também se comem umas carnes diferentes: rena, veado, alce, etc.
  62. As refeições devem vir acompanhadas de salada por aqui.
  63. Uma salada comum aqui inclui: alface, tomate, páprica (um tipo de pimentão) e pepino.
  64. Na Finlândia tem uns vários dias de hastear a bandeira, é obrigatório para os prédios residenciais e do governo, algumas empresas, mas muitas casas também participam.
  65. Hoje em dia está mudando um pouco isso, mas o comércio por aqui costuma fechar cedo e em feriados. Atualmente, por influência dos estrangeiros morando por aqui e da globalização em si, já é possível encontrar um ou outro supermercado aberto até às 23h e aberto nos feriados.
  66. Por aqui não se pode fazer download de filmes e séries, caso você faça é só uma questão de tempo pra chegar na sua casa um valor altíssimo de multa pra pagar.
  67. Antigamente, se você quisesse ter uma televisão em casa, você pagaria um imposto por isso. Hoje em dia já vem incluso no seu imposto, então o uso da televisão é “gratuito”.
  68. A companhia aérea mais famosa do país, senão for a única, é a FinnAir.
  69. E tem somente uma companhia de trem (de passageiros) pelo país.
  70. Há uma empresa nova de ônibus de viagem que conquistou os finlandeses (e turistas, claro) com preços extremamente baixos nas passagens. Algumas vezes tem passagens de uma cidade pra outra por 1 ou 2 Euros, por exemplo.
  71. Claro que isso varia bastante, mas os locais preferidos para as férias de verão dos finlandeses são: Espanha, Grécia e Turquia.
  72. Há um carinho todo especial pela região norte do país, a Lapônia. A maior parte dos finlandeses já visitou, têm uma casa ou prefere os produtos desta região.
  73. A educação aqui é 100% gratuita.
  74. As escolas ensinam algumas coisas diferentes das escolas brasileiras, como costura, tricô, trabalhos manuais, cozinha, carpintaria e tarefas domésticas.
  75. Também tem menos tarefas pra casa, pra que as crianças tenham mais tempo de brincar.
  76. Mas quando adolescentes todos passam por tipo uns estágios de trabalho.
  77. As crianças por aqui têm responsabilidades em casa e elas levam isso à sério, então é comum às vezes você ver uma criança sozinha tirando a neve da garagem, por exemplo.
  78. Também as crianças são bem independentes e, a maioria delas, vão e voltam sozinhas para a escola desde bem pequenas.
  79. Na escola você pode optar pelo “lukio”, que é o ensino médio normal, ou “ammatikoulu”, que é o profissionalizante.
  80. As tradições ao final da escola incluem usar uma fantasia, subir num caminhão e jogar doces no centro, um cap, ganhar flores e festa.
  81. Não existe uma pressão para ir à universidade por aqui, você encontra trabalhos bem remunerados com uma escolaridade de ensino profissionalizante, por exemplo.
  82. A velocidade e área de cobertura da internet na Finlândia é incrível.
  83. Quase não têm mais telefones fixos por aqui, tudo é na base do celular.
  84. As pessoas têm um cuidado e até um apreço por coisas antigas: carros, móveis, filmes, músicas, casas, etc.
  85. Finlandeses têm um ritmo próprio na hora de dançar, especialmente se já beberam alguma coisa.
  86. Os casamentos na Finlândia são cheios de programas, convidados cantando, contando piadas, brincadeiras… é bem diferente.
  87. A saúde na Finlândia não é gratuita, mas o preço é bem acessível.
  88. Se você precisa de um médico, o primeiro passo aqui é ligar numa central telefônica, a enfermeira vai entender a sua situação e agendar o horário pra você com o médico mais adequado e no local mais próximo.
  89. Também não são comuns planos de saúde, na verdade, eu sei que existe, mas nunca vi alguém pagando por isso.
  90. Suas informações médicas estão todas registradas no seu registro de identidade, ali os médicos podem ver seus exames anteriores, medicamentos ou o que passou com você na última vez no hospital, por exemplo.
  91. O número de identidade por aqui é bem importante, muitas informações ficam registradas neste número, informações de saúde, como citado acima, bens registrados em seu nome, multas de trânsito, etc.
  92. Para brasileiros, é fácil solicitar a carteira de motorista finlandesa, precisa estar dirigindo a seis meses na Finlândia, deixar a carteira de motorista e a permissão internacional com eles e pagar a taxa de transferência.
  93. Finlandeses sempre reclamam que as coisas são caras na Finlândia, mas algumas coisas têm o mesmo preço que temos no Brasil, então para mim não fez tanta diferença.
  94. O sonho de consumo finlandês é uma casa com uma sauna à beira do lago, em meio à floresta, o vizinho mais próximo a uns bons 300 metros (ou mais) de distância, com lareira e boas janelas.
  95. As camas tem o colchão comum e mais um colchãozinho no topo. Eles costumam investir numa cama bem confortável e o preço nunca será convidativo.
  96. Você precisa ter algum produto de design finlandês pra decorar sua casa.
  97. Tenha velas para o inverno.
  98. Olhos e cabelos castanhos e pele morena são um tesouro por aqui, na terra dos olhos azuis, cabelos loiros e pele branca.
  99. Há um cuidado e um respeito incrível com os idosos.
  100. De forma geral, é um país excelente pra viver..

Claro que aqui tudo faz parte da minha opinião, de onde eu moro e do que eu tenho visto. Talvez no ano que vem minha opinião mude, eu conheça outras cidades e tenha uma visão diferente destes mesmos pontos. Mas acho que deu pra ter uma ideia, né?

Receita finlandesa: Makaronilattikko | Suomalainen resetti: Makaronitattikko

Atendendo a pedidos, vou começar a postar também algumas receitas finlandesas. Claro que por aqui temos alguns ingredientes diferentes, alguns talvez não encontrem em países fora da Finlândia. Por isso, e porque é o prato preferido do meu marido, resolvi começar com algo bem comum, bem amado pelos finlandeses: makaronilaatikko. Eu faço um pouquinho diferente da receita original, mas no final da receita explico o que tem de diferente na minha versão, assim, vocês podem experimentar fazer a receita original.

Makaronilaatikko

  • 400g de macaroni
  • 3/4 de xícara de queijo ralado (preferencialmente Cheddar, mas eu uso
  • bacon
  • 400g de carne moída
  • 2 dentes de alho
  • 2 xícaras de leite
  • 3 ovos
  • sal
  • pimenta do reino
  • noz moscada
  • páprica

Gosto de começar fritando o bacon e o alho. Quando estão dourados, junto a carne moída também. Tempero com sal, pimenta do reino, um pouquinho de noz moscada e um pouquinho de páprica. No tempo em que começo a fritar a carne, coloco a água para cozinhar o macaroni, lembrando que a dica é colocar uma boa pitada de sal quando a água estiver fervendo.

Enquanto o macaroni cozinha e a carne termina de chegar no ponto, começo a misturar os ovos, o leite e metade do queijo. Gosto de adicionar uma pitada de sal e uma de noz moscada pra dar sabor ao molho.

Em uma assadeira, ou no misturo o macaroni com a carne. Adiciono o molho e misturo mais um pouco, em seguida, cubro com o restante do queijo ralado. Leve para o forno pré-aquecido a 225º Celsius e asse por 40 minutos ou até o queijo ficar com aspecto dourado.

2017-04-16 001 437

E está pronto o seu makaronilattikko.

Agora vamos ao que não faz parte da receita original. Na receita original, não temos bacon, páprica e alho. É que (quase em toda receita que faço) eu gosto de dar um saborzinho diferente. Talvez você se pergunte, mas então é só a carne? Só, junto com uma cebola picada. Às vezes gosto de adicionar também um pouquinho de molho de tomate… transformando quase num makaroni(bolonhesa)lattikko. Talvez pela falta do tomate é que seja comum por aqui o pessoal comer makaronilattikko com catchup.

O prato é bem saboroso, simples de fazer e não toma muito tempo com o preparo. Já ouvi de algumas estrangeiras casadas com finlandeses que, assim como é aqui em casa, este é o prato preferido do marido. Experimente você também essa receita e comente aqui como foi a experiência.