Terceiro trimestre |Viimeinen kolmannes

DSC_0133.jpg

PT

Antes de tudo, sim, nosso bebê já nasceu. E ele é lindo! Claro que vou comentar o parto e pós parto ainda no hospital, de forma informativa, para quem quiser conhecer o sitema por aqui. Mas, como prometido… vamos aos acontecimentos do terceiro trimestre.

Bom, como nos trimestres anteriores, passei por mais médicos e exames do que as gestantes normalmente passam. Além da diabetes e o útero septado, passei por algumas semanas com o que se chama de alta resistência placentária, então exigiu ainda mais cuidados. As consultas e ultrassons passaram a ser a cada duas semanas e, no final, já eram semanais.

Algo bem interessante para dividir com vocês é que a maternidade disponibilizou gratuitamente para nós um curso de pais de primeira viagem, voltado principalmente para o parto. E, antes que alguém pergunte… parto por aqui é normal, “até que se prove o contrário”. Ou seja, existe a possibilidade de cesariana eletiva, porém não é comum e tão pouco fácil encontrar médicos dispostos a isso. Normalmente o parto será normal, podendo ser natural e até em casa, se esta for a vontade dos pais e tudo estiver colaborando para isso.

O curso durou uma tarde e foi bem interessante. De início fomos apresentados à um vídeo em animação mostrando o que acontece durante o trabalho de parto por completo, desde as primeiras contrações até a saída da placenta. Depois fomos conhecer a sala de parto, material que pode ser utilizado para relaxar entre as contrações e o que pode ser usado para as diferentes posições na parte final do parto, também conhecemos as diferentes opções de anetesias disponíveis para diminuir as dores do parto. Passamos por salas como onde o pai pode ficar tendo o contato pele com pele com o bebê em caso de parto cesariana, também onde o bebê pode ficar encubado, em caso de necessidade. E terminamos conhecendo as opções de quarto para o pós parto. Para encerrar o curso tivemos uma sequência de exercícios para aprender como relaxar entre as contrações e como os papais também podem participar ajudando neste relaxamento. Enfim, foi bem interessante conhecer os ambientes que passaremos em breve, além de esclarecedor, claro!

Continuei com as consultas com o endocrinologista, mas a diabetes realmente estava bem controlada durante a gravidez. Porém, como se não bastassem todos os meus “poréns”, tive que tomar a vacina AntiD porque o bebê tinha fator Rh do sangue positivo e o meu é negativo.

Como disse no comecinho do texto, tive alta resistência placentária. Havia uma grande possibilidade de ter um parto prematuro, porque, de forma simplificada, o bebê não estava recebendo 100% dos nutrientes. Tanto que, por isso, meus pais vieram do Brasil um pouco antes do planejado. E a todo e qualquer sinal de parto, eu já ligava na maternidade e, algumas vezes, cheguei a ir para consulta. A verdade é que, por causa da diabetes, meu parto não chegaria à semana 40. Os médicos me avisaram que, se nada acontecesse antes, na semana 38 o meu parto seria induzido. Então eu fiquei, primeiro, querendo que o bebê viesse logo pra não ter que passar pela oxicitocina, mas, ao mesmo tempo, querendo que ele ficasse mais tempo para desenvolver melhor e vir quando estivesse prontinho.

E como todos os presentinhos para um bebê a caminho são bem-vindos, além da caixa do governo, fizemos cadastro no site da Libero (uma marca de produtos para bebê) e ganhamos uma bolsinha com várias coisinhas dentro para o cuidado do bebê. Que já foi bem útil para preparar a bolsa maternidade. Aliás, sobre a bolsa maternidade, a sugestão é preparar a roupinha de saída do bebê e a sua própria roupa de saída, além dos seus próprios itens de higiene pessoal. Não há necessidade de roupas para o tempo em que estiver no hospital, já que eles disponibilizam roupas para o bebê e você pelo tempo que estiverem lá.

Bom, no final estávamos preparando “o ninho” por aqui, lavando as roupinhas, colocando tudo no lugar e assistindo aos vídeos disponibilizados no site do hospital sobre as etapas do dia do parto. Ansiosos? Muito! Até que o dia chegou. E sobre este dia eu contarei no próximo post.


EN

 

First of all, yes, our baby was born. And he is so beautiful! Of course I will comment the birth and postpartum, informatively, for anyone who wants to know more about the system here. But as promised… let’s go through the third trimester.

Well, like in the previous ones, I have gone through more doctors and tests than pregnant women normally go through. In addition to diabetes and the septated uterus, I spent a few weeks with what is called high placental resistance, so I needed even more care. The appointments and ultrasounds began to be every two weeks, and in the end, they were already weekly.

Something very interesting to share with you guys is that maternity has made available to us a course for first-time parents, focused mainly on childbirth. And, before anyone asks… giving birth here is most likely by normal ways. I mean there is a possibility of elective c-section, but it is not common and so easy to find doctors willing to do so. The birth can be also natural and even at home, if this is the will of the parents and everything is collaborating for it.

The course lasted an afternoon and was very interesting. At first we were introduced to an animated video showing what happens during labor completely, from the first contractions to the exit of the placenta. Afterwards we got to know the delivery room, what could be used to relax between contractions and what could be used for the different positions in the final part of the delivery, we also know the different options of anesthetics available to reduce labor pain. We went through rooms such as where the father can be having the skin-to-skin contact with the baby in case of c-section, also where the baby would in case of intensive care. And we ended up knowing the room options for postpartum. To finish the course we had a sequence of exercises to learn how to relax between the contractions and how the dads can also participate helping in this relaxation. Anyway, it was very interesting to know the environments that we will soon pass, besides enlightening, of course!

I continued to see the endocrinologist, but diabetes was really well controlled during pregnancy. But as if all my “buts” were not enough, I had to take the AntiD vaccine because the baby had a positive Rh blood factor and mine is negative.

As I said at the beginning of the text, I had high placental resistance. There was a great possibility of having a preterm birth because, in a simplified way, the baby was not receiving 100% of my nutrients. For that reason my parents came from Brazil a little earlier than planned. And at every sign of childbirth, I was already calling in the maternity and sometimes I went to see the doctor. The truth is that, because of diabetes, my delivery would not be through week 40. The doctors warned me that if nothing happened earlier, by week 38, my labor would be induced. So I was, first, wanting the baby to come so I would not have to go through oxytocin, but at the same time, wanting him to stay longer to develop better and come when he was ready.

And as all the goodies for a baby on the way are welcome, in addition to the government box, we have registered on Libero’s website (a brand of baby products) and we got a little bag with few things inside to care for the baby. That was very useful to prepare the maternity bag. By the way, about the maternity bag, the suggestion here is to prepare the baby’s outfit and mom’s own outfit and toiletries. There is no need for clothes for the time you are staying in the hospital, since they provide clothes for you and the baby for as long as you are there.

Well, in the end we were preparing “the nest” here, washing the clothes, putting everything in place and watching the videos available on the hospital’s website about the steps of the day of delivery. Anxious? A lot! Until the day came. And about this day I will tell you in the next post.

Anúncios

2 comentários sobre “Terceiro trimestre |Viimeinen kolmannes

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s